Google+ Badge

Google+ Followers

Se você procura um serviço de tradução português-espanhol profissional e de máxima qualidade, podemos ajudar-lhe...

domingo, 28 de dezembro de 2008

As Mulheres e suas emoções.



As Mulheres e suas Emoções.

Uma grande quantidade de mulheres tende a fazer inferências arbitrarias, a generalizar e a exagerar os problemas e isto leva diretamente à auto-depressão. As emoções que seguem a este modo de ver as coisas são demolidoras. Acreditam que se perdem uma relação ou a qualidade no casal, fracassam em lograr o objetivo mais importante de sua vida… e tem a culpa pela perda. A partir disso, consideram que o resultado de qualquer atividade que realizem será negativo, assim que não empreendem nenhum objetivo concreto e evitam atividades construtivas. Esperam, porém, que sua vida futura troque pouco, seja pouco feliz, inclusive esperam que seja um desastre.

Entrar nesta espiral que se forma a partir de pequenos incidentes é entrar num círculo vicioso que pode voltar nos inoperantes, além disso, é entrar no estereotipo feminino do sofrimento.

Antes de aceitar o caminho de muitas das tuas predecessoras, te proponho reagir e por todos os meios para trocar de crenças e de perspectiva. O coaching proporciona os instrumentos e estratégias para adquirir o hábito de conviver em liberdade com tuas emoções.

As mulheres e o pensamento excessivo

Segundo Susan Nolen. Hoeksema (Mulheres que pensam demasiado, Paidós, Barcelona, 2004), as mulheres costumam cair no pensamento excessivo. Os desencadeantes para pensar demasiado são variados, mas dominam:

- as relações de casal,
- o trabalho e a carreira profissional,
- os pais e os filhos,
- os problemas de saúde,
- a perda de seres queridos…

Para combater esta tendência podes focar:

- reforçar tua perspectiva de longo prazo,
- clarificar teus valores
- racionalizar e discutir contigo mesmo o excesso,
- trocar o modo em que te defines como tutora emocional dos demais,
- reforçando tua capacidade para atuar

Convive com tuas emoções

Consideramos que o paradigma da felicidade é sentir se bem conosco e com nosso entorno. As pessoas que se consideram felizes tem uma auto-estima alta, controlam sua conduta e suas emoções, enxergam as coisas e se comportam de maneira positiva - Como aprender e integrar estas qualidades e habilidades para que nossos sentimentos nos permitam serem mais práticas e mais felizes?

O animo: Concentra-te para relaxar. Faça diário e exercita - sabias que há mulheres que tem a mandíbula ou a coluna vertebral desencaixada por um estresse descontrolado?

A conduta: Estabelecem objetivos realistas e distribui o tempo disponível de forma racional. É possível não tomar decisões precipitadas ou estar todo o dia transbordada e descumprindo constantemente os compromissos que assumimos faz um segundo. Todo elo produz culpabilidade. O método a seguir é o seguinte: estabelece prioridades, cumpre o horário previsto, toma decisões básicas, de senso comum.

Comunicação e negociação: Expressa os sentimentos defendendo teus direitos e sem negar os dos demais. Tens direito a pedir, a trocar, a tomar-te tempo, a dizer “não”. Não generalizes com palavras como “sempre” ou “nunca”, desbanca do discurso as exigências e ameaças e todos os “deverias”… Argumenta, explica, insiste…

Outros valores: a estratégia, a ambição… Frente atitudes de queixa, auto-sabotagem, depressão e sofrimento, as mulheres adotam hoje outros valores que lhes dão mais impulso. Ser estratégica ou ter ambição foram tradicionalmente muito mal vistos quando a portadora era uma mulher e ainda hoje estão excluídos do vocabulário e da imagem que forma o feminino.

Ser estratégica é situar se numa posição que te permita levar a cabo o projeto que te as proposto. A estratégia é um conceito fundamental para as empresas e as pessoas. Com ela formulamos o objetivo a alcançar e a maneira de levar lhe a cabo de forma eficiente. Sua prática permite o sucesso.
A estratégia não é sinônimo de perversão ou exageração, é simplesmente sinônimo de pragmatismo e de eficácia. Aprender a ser estratégica é um investimento.

A ambição é outra atitude que podes incorporar em teu estilo. A ambição econômica, de ser poderosa é muito real. A ambição é o desejo de ser reconhecida e a aspiração ao reconhecimento é completamente legítima. Para não defraudar tuas ambições, faz-te visível e não te conformes com que te agradeçam teus serviços, pede sem medo poder optar a uma promoção.

A percepção de pensamentos e emoções: Não obstante que todos temos aspectos e qualidades positivas, muitas vezes só reconhecemos nossas características negativas. Uma visão catastrófica e irracional que se pode trocar: discute contigo mesma essa tendência, relativiza aquilo a o que estás dando una importância excessiva, pensa e planeja atos eficazes…

Troca esse hábito de pensamento porque as pessoas que vêem o copo de água meio cheio, tem melhor estado de animo e mais confiança nelas mesmas, por isso chegam mais longe.

Ter confiança em você mesma é uma atitude estratégica!

Sair das redes de umas emoções que se convertem em ditadura é um dos objetivos do coaching. Por distância emocional é uma garantia para ser mais respeitadas. Planejar tua vida segundo teu projeto é o adequado. Não te detenhas, tem consciência de que o que os demais esperam de você não tem porque ser o que você quer. Decide por você mesma.

Dá a tua carreira profissional todo o espaço que lhe corresponde em tua vida. Planeja a consciência para levar a cabo. As mulheres que sacrificam seu trabalho não são melhores ou mais abnegadas, só conseguem ser mais ingênuas.
M. Perez.
Se procura um serviço de máxima qualidade e profissionalidade, podemos ajudar-lhe